terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Ele e Eu...

As diferenças de percepção de «nós» e dos «outros»

Quando ele não acaba o seu trabalho, é preguiçoso;
Quando eu não acabo o meu trabalho, estou muito ocupado;

Quando ele fala de alguém, é maledicência;
Quando eu falo de alguém, é crítica construtiva;

Quando ele mantém o seu ponto de vista, é teimoso;
Quando eu mantenho o meu ponto de vista, sou firme;

Quando ele não me fala, é uma afronta;
Quando eu não lhe falo, é simples esquecimento;

Quando ele demora muito tempo a fazer qualquer coisa, é lento;
Quando eu demoro muito tempo a fazer qualquer coisa, sou cuidadoso;

Quando ele é amável, é porque tem uma segunda intenção;
Quando eu sou amável, é porque sou virtuoso;

Quando ele vê os dois aspectos de uma questão, é um oportunista;
Quando eu vejo os dois aspectos de uma questão, sou largo de espírito;

Quando ele é rápido a fazer qualquer coisa, é descuidado;
Quando eu sou rápido a fazer qualquer coisa, sou hábil;

Quando ele faz qualquer coisa sem lhe pedirem, mete-se onde não é chamado;
Quando eu faço qualquer coisa sem que me peçam, tenho iniciativa;

Quando ele defende os seus direitos, é mau feitio;
Quando eu defendo os meus direitos, mostro que tenho carácter;

Vale a pena pensar nisto!

Texto trabalhado na aula de Formação Cívica pela turma com orientação da professora Ana Pereira


Sem comentários:

Enviar um comentário