sábado, 24 de janeiro de 2009




O que fez " correr " os Árabes desde a sua terra natal ( a Península Arábica ) até à Península Ibérica?
Sempre desejadas, as condições naturais da Península Ibérica ofereciam o que a Arábia não tinha, uma região pobre e desértica.
A nossa península oferecia um clima ameno, um solo fértil, abundância de água e riquezas minerais.
Assim, movidos por interesses económicos e pelo desejo de espalhar o islamismo, os Árabes partiram da Arábia e, através do norte de África, chegaram à Península Ibérica, em 711, atravessando o estreito de Gibraltar.
Rapidamente conquistaram quase toda a Península, excepto as Astúrias, por serem uma zona de relevo montanhoso e de difícil acesso.
Inicia-se o período da Reconquista Cristã, intervalado com momentos de paz, mas que durou muitos séculos.
Os Muçulmanos souberam conviver com os povos vencidos, mantendo relações de tolerância e de respeito, aceitando os costumes, as tradições e a religião de cada povo.
Sendo uma civilização progressiva, muito contribuíram para o desenvolvimento da Península Ibérica.

MÉRTOLA ÁRABE

Antiga Mesquita

Sem comentários:

Enviar um comentário