quinta-feira, 12 de março de 2009

CONTO " MESTRE GRILO CANTAVA E A GIGANTA DORMIA "

Enumero as personagens da história
A abóbora, o grilo, outros bichos, José Barnabé Pé de Jacaré, a Feliciana Lauriana , Valentim Valentão e a sua esposa.
Assunto da história:
A história de uma abóbora muito grande que só dormia e crescia, crescia…
Descrevo física e psicologicamente a minha personagem favorita
Abóbora:
Descrição física: gigante, cor de laranja por o interior, cor de rosa.
Descrição psicológica: dorminhoca, egoísta, antipática e arrogante.
Resumo da história:
De uma linda flor nasceu uma abóbora no campo do senhor José Barnabé Pé de Jacaré e da sua esposa Feliciana Lauriana. Esta abóbora crescia muito, muito, até que o seu dono queria deixá-la para a semente, pois as suas pevides deviam ser de boa qualidade. Mas a sua mulher não concordava, queria mesmo era um rico caldo com aquela abóbora.
A abóbora gigante só dormia e crescia que quase cobria a toca do grilo. O grilo muito preocupado foi pedir ajuda aos seus amigos bichos, que sugeriram a ajuda da toupeira. Esta para ajudar o seu amigo grilo cortou as raízes da abóbora.
Com a chuva de uma grande tempestade, que de repente se formou nos céus, a abóbora rebolou e foi arrastada pelas águas do ribeiro. Foi ter ao moinho do senhor Valentim Valentão e da sua esposa moleira, que a muito custo e a puxar muito, conseguiram tirar a abóbora da mó do moinho.
Só quando a tempestade passou, é que o senhor Barnabé e a Lauriana deram pela falta da abóbora, dizendo que afinal a abóbora não acabaria no telhado a secar para novas sementes nem na panelinha.
Mas na cozinha do moleiro Valentim Valentão, a moleira a preparar o caldo dizia: “ó abóbora, aboborinha sempre caíste na panelinha”.

x Gostámos de ler este livr porque o livro é muito interessante e até muito engraçado! Os nomes dos personagens são invulgares e com piada, por exemplo: José Barnabé Pé de Jacaré, Feliciana Lauriana, Valentim Valentão…
E ainda porque descreve costumes, expressões e modos de vida antigos, como existiam na nossa aldeia, por exemplo o moinho de água, os trabalhos na agricultura.

Sem comentários:

Enviar um comentário