sábado, 24 de novembro de 2012

EM SALIR, A TURMA DO 6º B A INVENTAR PAÍSES

A aula de Português foi divertida, com todos de volta dos seus poemas, a inventarem países.

O Rodrigo e o Leonardo viajaram até à XILÓNIA e deram o seguinte conselho:

Aconselhamos a não entrar
de lá sairão a gritar
porque está lá um ladrão
com um grande cão.
O aviso está dado
não vás para lá
senão sairás assaltado!
O David, lá do fundo da sala, também avisou:

Ao XEQUISTÃO não vão
ou então se aterrorizarão
com um grande vilão
não se sabe se morrerão!

O Alexandre e o Jeremias também não aconselham a visita ao XASMAIRÃO:

Na ilha de Xasmairão
há sempre muito perigo
há lá um grande cão
que não é vosso amigo.
Não há só um grande cão
mas também monstros nojentos
foi a grande maldição
lá no Vulcão dos Rebentos.
Esta maldição foi feita
lá na terra pelo bruxo
que não gostava de ninguém
a não ser do seu luxo!

O Bruno e o Dário, muito concentrados, querem que se vá à XISTROILÂNDIA:

É um país tão lindo
só me apetece lá estar
queria que todos cá viessem
experimentar a dançar!


O Leandro e o Diogo, mais animados, lá se lembraram da XISBÂNIA:

O país é perigoso
entre os heróis há um bandido.
O herói é o Xisbânio
O bandido é um malandro.
O malandro assalta tudo
O Xisbânio vem salvar.
Os habitantes ficam em pranto
mas aplaudindo vão-se deitar.

A Tatiana e a Jéssica não são dadas à poesia, mas aconselham o XIRAQUESTÃO:

Venham ao Xiraquestão
há lá bom camarão
e também carne de cão
não queira é um escaldão!


A Inês e a Neuza visitaram a XISLETÓNIA e disseram:

Esta ilha muito amada
gosta de ser visitada
por ser terra de sonho
onde aquilo que se diz
é que é muito bonita.
À sua volta o mar
no céu pássaros a voar
tudo lá é catita
e tanto há para explorar
ver golfinhos a saltar
e à noite luzes a iluminar.




A Camila e a Beatriz querem é brincadeira na XAILÂNDIA:


Nesta ilha vamos brincar
é a ilha do paraíso
nós tudo vamos animar
aí vamos com um sorriso.
Xailândia é ilha mágica
onde tudo vai florir
para lá temos de ir
aí vamos a descobrir.
O seu nome é um X
até escrevemos com giz
é ilha de encantar
que tanto queremos amar.
Ainda há mais diversão
trampolim para saltar
um elefante brincalhão
piscina para mergulhar.


O Eduardo atrapalhou-se e esqueceu-se do nome do país.
O X da diversão
um país muito brincalhão
com tantas montanhas russas
e muita diversão
aconselho a ir ao X
se quer ir de férias
não há lá nenhum ladrão.


A Miriam e a Susana resolveram contar a história do XIDÁRIA:

Era uma vez um país
à procura do seu  nome.
E a rainha disse ao povo
escolham lá o meu nome.
Muitos escolheram nomes
com as  letras M e S
mas a rainha disse não,
tinha de ser com X
porque Xabrina era  seu nome
e o país era dela
daquela rainha tão bela.
Um rapazinho pobrezinho
sem nada sem nadinha
andava a esfregar o chão
e lembrou que Xidário
combina com diário
onde a rainha escrevia
todo o santo dia.
Assim ficou Xidária
porque era menina.
Deu cem moedas de ouro
ao rapaz inventor
daquele nome
que não rima com nada
mas lhe deu muito esplendor.

A Érica lembrou-se da XICRONÉSIA e aconselha a viagem:

É uma ilha feliz
onde passamos as boas férias
sempre ao sol.
Belas manhãs de descanso
no jacuzi
no hotel
pequeno almoço na cama
e muito mais coisas belas
na Xicronésia linda
das flores amarelas.






Sem comentários:

Enviar um comentário